Reprocon (Reproduction for Conservation)

Projeto Bandeiras e Rodovias
30 de março de 2020
Projetos
30 de março de 2020
Mostrar tudo

Reprocon (Reproduction for Conservation)

(Foto por: Reprocon (Reproduction for Conservation))

REPROCON (REPRODUCTION FOR CONSERVATION)

O Reprocon (Reproduction 4 Conservation) surgiu através associação de pesquisadores referências na reprodução de animais de produção e de animais silvestres. Unidos, buscam desenvolver soluções para a conservação de animais selvagens por meio das biotecnologias reprodutivas. Dispondo de uma equipe multidisciplinar, o Reprocon tem como atuação as seguintes áreas:
– Reprodução de silvestres e exóticos de cativeiro e vida livre
– Comportamento e bem-estar de animais silvestres
– Captura científica de animais de vida livre
– Clínica e cirurgia de animais silvestres
– Reprodução de animais domésticos

 

(Foto por: Reprocon (Reproduction for Conservation))

HISTÓRIA

A história do REPROCON iniciou através da junção de duas iniciativas – uma trabalhando com reprodução de machos e outra, com reprodução de fêmeas – que unidas, deu origem a um grupo forte.

Em 2007, os pesquisadores Gediendson Ribeiro de Araújo e Thyara Deco-Souza inciavam trabalhos com colheita e processamento de sêmen de carnívoros silvestres na Universidade Federal de Viçosa. Atuando sempre com animais silvestres, este grupo de trabalho desenvolveu protocolos de colheita farmacológica de sêmen em animais de cativeiro e principalmente, de vida livre.

Em 2015, os médicos veterinários Letícia Requena e Pedro Nacib Jorge-Neto, que trabalhavam então na Novagen Genética, juntamente com o Prof. Hernan Baldassarre (McGill University – Canadá) e o médico veterinário Jorge Aparecido Salomão Jr. decidiram adaptar e aplicar, em onças-pardas (Puma concolor), as biotecnologias reprodutivas de pequenos ruminantes que dominavam comercialmente, como Aspiração Folicular por Laparoscopia (LOPU) e a Produção In Vitro de Embriões (PIVE).

Com um objetivo em comum, a conservação de felídeos silvestres, com ênfase na onça-pintada (Panthera onca), o destino colocou ambos os grupos em contato e, em 2016, estes pesquisadores iniciaram tratativas visando trabalhos em conjunto.

Finalmente, em 2017, com a participação dos seis profissionais, Gediendson, Thyara, Hernan, Pedro, Letícia e Jorge e também das Profas Cristiane Schilbach Pizzutto e Kiky (Anneliese) de Souza Traldi, da Universidade de São Paulo (SP), fundou-se o REPROCON.

Com o principal objetivo de desenvolver biotecnologias reprodutivas para a conservação de animais silvestres de vida livre, em pouco tempo o Reprocon estruturou-se e têm desenvolvido tecnologias e know-how na reprodução de felídeos silvestres, em ações próprias e também em colaboração com outros projetos, com importantes descobertas.

No ano de fundação do Reprocon, iniciou-se uma importante parceria com o criadouro científico NEX – No Extinction (Corumbá de Goiás, GO), através de sua curadora, Sra. Cristina Gianini, que abriu as portas para todos os trabalhos do Reprocon, visando a conservação da onça-pintada. Ainda, três zoológicos preocupados com a conservação abriram às portas: o Zoológico de Limeira, o Zoológico de Guarulhos e o Zoológico de Brasília.

Hoje, o Reprocon conta também com a participação dos médicos veterinários Antônio Carlos Csermak Jr, Maitê Cardoso Coelho da Silva e Thiago Luczinski e com a colaboração operacional ou financeira de outras instituições.

Dispondo de uma equipe multidisciplinar, o Reprocon tem como atuação as seguintes áreas:
– Reprodução de silvestres e exóticos de cativeiro e vida livre
– Comportamento e bem-estar de animais silvestres
– Captura científica de animais de vida livre
– Clínica e cirurgia de animais silvestres
– Reprodução de animais domésticos<  

EQUIPE

Uma equipe altamente qualificada e de formação ampla, permite atuação com excelência do Reprocon. A equipe é formada por membros e também alguns pós-graduandos e graduandos orientados por membros do Reprocon.

 

STAFF TÉCNICO

(Foto por: Reprocon (Reproduction for Conservation))


 
 

GEDIENDSON RIBEIRO DE ARAÚJO – Membro Fundador (Currículo Lattes)

Graduado em Medicina Veterinaria pela Universidade Federal de Viçosa (2010), Mestre e Doutor em Reprodução de Animais Silvestres pelo departamento de veterinária da UFV e Pós-Doutor pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Trabalha com reprodução de animais domésticos de companhia e animais silvestres em cativeiro e vida livre. Tem experiência em manejo de animais silvestres em cativeiro, experiência em captura de carnívoros com armadilhas de caixa, laço de cabo de aço e cães, monitoramento de animais por telemetria, armadilhamento fotográfico e treinamento e condução de cão farejador de fezes de carnívoros.
 
 
 
 

(Fotos por: Reprocon (Reproduction for Conservation))


 
 

PEDRO NACIB JORGE NETO – Membro Fundador (Currículo Lattes)

Graduado em Medicina Veterinária pela Unifeob (2007), com Master Business Administration em Agronegócios pela ESALQ/USP, Mestrado em Reprodução Animal pela FMVZ/USP e aprimoramento em Reprodução e Processamento de Sêmen na Austrália. Atualmente realiza doutorado em reprodução animal no PPGRA-FMVZ/USP e ocupa a posição de Diretor Técnico-Comercial da IMV Technologies subsidiária Brasil. Possui experiência nas áreas de reprodução animal, nutrição e melhoramento genético.
 
 
 
 
 

(Fotos por: Reprocon (Reproduction for Conservation))

HERNAN BALDASSARRE – Membro Fundador (Currículo Lattes)

Graduado em Medicina Veterinária pela Faculdade de Ciências Veterinárias da Universidade de Buenos Aires e Ph.D. em Animal Science pela McGill University em Montreal, Canadá. Possui mais de 25 anos de experiência no campo da Reprodução Assistida, com foco especial em ovinos e caprinos. Tem mais de 90 publicações em revistas científicas sobre tecnologias de inseminação artificial e sêmen, superovulação e transferência de embriões, produção in vitro de embriões, bem como geração e propagação de animais transgênicos e clonados. Nas últimas duas décadas, Prof. Baldassarre trabalhou em muitos projetos de pesquisa visando a otimização das técnicas de superovulação, colheita e transferência de embriões, congelamento de sêmen e inseminação laparoscópica, colheita de oocitos por laparoscopia e produção de embriões in vitro, produção de animais com genoma editado e clonados, etc. com foco em pequenos ruminantes (ovinos, caprinos, cervos). Ele também forneceu serviços de transferência de embriões comerciais em vários países, incluindo Canadá, EUA, Brasil, Argentina, África do Sul, etc. Em seu cargo atual no departamento de Ciências Animais da McGill University (Quebec – Canadá), o Dr. Baldassarre é responsável por estabelecer e gerenciar parcerias estratégicas de pesquisa com empresas privadas interessadas em conduzir pesquisas colaborativas em áreas de interesse mútuo. Atualmente, ele está envolvido com projetos nas áreas de tecnologias de reprodução assistida em animais de fazenda, biotecnologias de animais transgênicos, incluindo modelos animais para o estudo de doenças humanas, reprodução pré-puberal em ruminantes (bovinos, bufalinos), aplicação da reprodução assistida a conservação de espécies ameaçadas.
 

(Fotos por; Reprocon (Reproduction for Conservation))


 
 

THYARA DECO-SOUZA – Membro Fundador (Currículo Lattes)

Graduada em Medicina Veterinaria pela Universidade Federal de Viçosa (2007). Mestre e Doutora em Medicina Veterinária pelo setor de morfologia de animais domésticos e silvestres do Departamento de Veterinária da UFV, com ênfase em morfofisiologia da reprodução de animais silvestres e domésticos. Atualmente é professora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, onde ministra as disciplinas de Clínica Médica e Cirurgica de Animais Selvagens, Criação de Animais Silvestres e Etologia e bem estar animal.
 
 
 
 
 

(Foto por: Reprocon (Reproduction for Conservation))


 

CRISTIANE SCHILBACH PIZZUTTO – Membro Fundador (Currículo Lattes)

Possui Graduação em Medicina Veterinária pela Universidade de São Paulo, Mestrado em Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres pela Universidade de São Paulo, Doutorado e Pós-doutorado em Reprodução Animal pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professora na FMVZ/USP e presidente da Comissão de Bem-estar Animal do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo. Membro do International Environmental Enrichment Conference Committee. Tem experiência na área de Medicina Veterinária de Animais Silvestres com ênfase em Reprodução, Comportamento, Enriquecimento ambiental e Bem-estar animal.
 
 
 
 
 

(Foto por: Reprocon (Reproduction for Conservation))


 
 
 

LETÍCIA ALECHO REQUENA – Membro Fundador (Currículo Lattes)

Graduada em Medicina Veterinária pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – Campus Poços de Caldas (PUC-Poços; 2013). Ocupa a posição de Gerente de Produção na Genética Bacurizinho. Possui experiência em inseminação artificial por laparoscopia (IAL), aspiração folicular por laparoscopia (LOPU), processamento de sêmen e superovulação e colheita de embriões.
 
 
 
 

(Foto por: Reprocon (Reproduction for Conservation))


 
 

JORGE APARECIDO SALOMÃO JÚNIOR – Membro Fundador (Currículo Lattes)

Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Metodista de São Paulo (2006). Atualmente realiza mestrado no Programa de Pós-Graduação em Reprodução Animal da FMVZ/USP e atua em clinica médica e cirúrgica de animais silvestres e exóticos em clinicas particulares, assim como suporte técnico e consultoria a criadouros e mantenedouros de fauna silvestre. Participa de monitoramento de fauna, resgate de fauna, levantamento e campanha de captura de animais silvestres nos mais diversos biomas e por diferentes projetos e parceiros. Foi fundador da Clinica Veterinária Zoopet (2007) com unidades em Jundiaí e Campinas, atualmente como prestador de serviço somente na unidade de Campinas.
 
 
 
 

(Foto por: Reprocon (Reproduction for Conservation))


 
 

ANNELIESE DE SOUZA TRALDI – Membro Fundador (Currículo Lattes)

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade de São Paulo (1979), mestrado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais (1983), doutorado em Patologia experimental e comparada pela Universidade de São Paulo (1995) e Pós-doutorado em Criopreservação de embriões de pequenos ruminantes pelo INRA – França. Atualmente é professorA assistente doutor e presidente da CEUA da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Transferência de Embriões e Inseminação Artificial de Pequenos Ruminantes, atuando principalmente nos seguintes temas: caprinos, ovinos, reprodução, manejo e sanidade.
 
 
 
 

(Fotos por: Reprocon (Reproduction for Conservation))


 
 

MAITÊ CARDOSO COELHO DA SILVA – Membro (Currículo Lattes)

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2017). Atualmente realiza mestrado no Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias (FAMEZ/UFMS) na linha de pesquisa reprodução e conservação de recursos genéticos (com ênfase em carnívoros domésticos e selvagens). Também atua como apoio científico no projeto de conservação Onças do Rio Negro (Pantanal da Nhecolândia, MS) e presta atendimento clínico na área de animais selvagens e pets exóticos em clínicas veterinárias de Campo Grande – MS.
 
 
 
 

(Fotos por: Reprocon (Reproduction for Conservation))

ANTÔNIO CARLOS CSERMAK JR. – Membro (Currículo Lattes)

Graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (2005) e Medicina Veterinária pela Univiçosa (2012), mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal de Viçosa (2007) e Doutorado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (2011) . Atuou no Projeto Suçuarana na Serra do Brigadeiro, com conservação de felinos de vida livre e mitigação de conflitos entre fauna silvestre e homem através da captura e coleta de dados dos animais desta UC, assistência técnica aos produtores rurais do entorno e educação ambiental. Trabalha como veterinário em projetos de conservação de grandes felinos realizados pelo CENAP/ICMBio e Pró Carnívoros. Trabalhou como Médico Veterinário do Centro de Triagem de Animais Silvestres da UFV (CETAS-UFV) e em criatórios comerciais, conservacionistas e científicos de fauna silvestre. Tem experiência na área de Zootecnia, com ênfase em manejo e produção de animais silvestres, e Medicina Veterinária com ênfase em reprodução e conservação in situ e ex situ de animais silvestres. Possui Pós doutorado no departamento de Bioquímica Aplicada da UFV, onde trabalhou com identificação e isolamento de bioagentes de potencial zoonótico veiculados por ectoparasitos de animais silvestres e domésticos. Trabalhou com Manejo Ético de fauna sinantrópica, com ênfase em capivaras. Trabalhou como professor no Centro Universitário UNA e coordenador dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária. Atualmente trabalha como Médico Veterinário no Instituto Onças do Rio Negro e como pesquisador de pós doutorado na UFMS na área de Reprodução e Conservação de Material Genético.
 
 

(Fotos por: Reprocon (Reproduction for Conservation))


 
 

THIAGO LUCZINSKI – Membro (Currículo Lattes)

Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Paranaense (2000). Participou do programa de internship no Lincoln Park Zoo e Shedd Aquarium (Chicado, EUA) e permaneceu um período no Centro de Resgate, Reabilitação & Reproduçãode Fauna Güira Oga (Misiones, Argentina). Atualmente realiza mestrado em reprodução animal no PPGRA-FMVZ/USP, atua como Responsável Técnico no Instituto NEX – No Extinction (criadouro científico de felídeos silvestres) e no Criadouro Apoena (psitacídeos silvestres), presta assistência a clínicas particulares nas áreas de clínica médica e cirúrgica de animais não convencionais e é Professor no Programa de Pós-Graduação de Clínica Médica e Cirúrgica de Pets não-convencionais (Instituto Qualittas). Foi diretor do setor de répteis e anfíbios do Zoológico de Brasília.

 

 

PARCEIROS
 

 

 

FONTE SITE OFICIAL REPROCON. Disponível em <http://www.reprocon.org/> Acesso dia 30 de março de 2020.
Informações e Fotos por: Reprocon (Reproduction for Conservation)

 

 

SAIBA MAIS

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostaria de juntar-se a Beautiful Brazil e ajudar a divulgar as belezas de nosso pais?
Entre em contato (CLICANDO AQUI!)

 

Os comentários estão encerrados.